23 de abril, Dia Internacional do Livro. O que posso falar sobre esse dia?!

Luma Gabrielly da Silva
Aprendiz Profissional – Centro da Juventude
Biblioteca Central

 

 

Para ser sincera eu não ligava tanto para o Dia Internacional do Livro, mas comecei a prestar atenção devido aos preparativos. O mundo dos livros me desperta interesse, é um mundo enorme.

Como aprendiz profissional na Biblioteca, trabalho com pessoas maravilhosas, venho pra cá com tanta vontade de ajudar quem visita a biblioteca, ler histórias. Ajudar cada criança a escolher nem que seja um livro ou vir só para passar um tempo olhando a nossa biblioteca. Eu busco ajudar da melhor forma possível, pois aprendo tanto aqui dentro que nem sinto vontade de sair, mas aqui meu dia a dia as vezes é cansativo. Saio daqui feliz sempre, porque é o que gosto de fazer.

Com os livros venho aprendendo coisas novas todos os dias, além de poder conhecer autores e histórias diferentes. Aprendi a lidar com as pessoas, perder um pouco da vergonha de falar em público. Essas pequenas aprendizagens vem me ajudando a ser uma pessoa melhor.

A leitura pode fazer uma diferença na vida de vocês, pois acredito que lendo uma pequena frase sempre que puder, será um aprendizado. Lendo histórias fictícias e até mesmo verdadeiras, nossa imaginação vai se desenvolvendo mais e mais, nos dá a oportunidade de viajar por vários lugares.

 Depoimento de Luma, 17 anos, Aprendizagem Profissional – Lomba do Pinheiro, CPCA. Em razão do Dia Internacional do Livro, 23 de abril, a jovem busca diante de seu contexto relatar seu olhar sobre o Dia Internacional do Livro destacando as alegrias de estar em serviço atendendo ao público, lendo, conhecendo novos livros e histórias, perceber descobertas e mudanças em sua vida.

Faça sua doação