Jovens da Lomba do Pinheiro se graduam pelo POD mesmo em tempos de pandemia

Histórias de superação de cerca de 150 jovens que atravessaram uma pandemia com dificuldades de adaptação aos novos desafios da formação híbrida, muitos deles vivendo situação de acolhimento institucional, mas conseguiram a formação nos variados cursos de qualificação oferecidos pelo Programa de Oportunidades e Direitos (POD) por intermédio do Centro de Juventude (CJ) Lomba do Pinheiro. Isto será celebrado na cerimônia de formatura no próximo dia 2 de junho, às 15h, na sede do CJ, na Avenida João de Oliveira Remião, 4444, parada 10, em Porto Alegre.

Serão contemplados os formandos de dois períodos: novembro e dezembro de 2020 e março a maio de 2021. A cerimônia no final de 2020 não pôde ser realizada para respeitar os protocolos da pandemia na ocasião. Agora, receberão os seus certificados, mas ainda sem a presença de familiares, para não haver aglomeração. Serão entregues os certificados de Cursos de Qualificação, Jovens Multiplicadores, Aprendizagem Profissional, Oficina de Direitos Humanos, Gastronomia (uma parceria com a Languiru) e Viagem ao Mundo do Empreendedorismo (parceria com o SEBRAE).

Graças a uma parceria firmada com o Ministério Público, o Ministério Público do Trabalho e a Promotoria da Infância e da Juventude, participaram das turmas e das atividades em média 56 jovens que estão em situação de acolhimento institucional. “É um público que tem uma certa dificuldade de acessar espaços por conta de todos os desafios que a própria condição de acolhimento impõe especialmente em tempos de pandemia”, conta a Coordenadora do CJ Lomba do Pinheiro, Paula Moura.

As atividades foram adaptadas em função da pandemia e ocorreram de modo híbrido entre momentos remotos e presenciais. As plataformas Google Sala de Aula, Google Meet, e o WhatsApp foram utilizadas para dar conta da formação dos jovens, “Foi um desafio muito grande tendo em vista todas as dificuldades da manutenção e da adesão dos jovens a estas plataformas. Muitos deles atravessaram problemas como a falta de recursos tecnológicos, telefone, dados móveis e wifi. Procuramos montar estratégias de entretenimento para prender a atenção do jovem em uma aula online”, afirma Paula.

Centros da Juventude
Os Centros da Juventude do Programa de Oportunidades e Direitos foram implantados em seis territórios – Viamão, Alvorada, Cruzeiro, Restinga, Rubem Berta e Lomba do Pinheiro – e oferecem cursos de formação e qualificação profissional, aprendizagem, reforço escolar, atividades de artes, cultura, lazer e esportes que buscam aprimorar talentos. Os jovens com estrutura, bagagem e preparo para o mundo do trabalho têm mais oportunidades de crescimento e desenvolvimento.

DOE AGORA